18 de mai de 2011

Pérolas do meu livro de filosofia do 11.º ano I

.

Quando somos jovens, estamos desejosos de terminar a instrução primária para entrar na secundária, desejosos de terminar a secundária para ingressar na universidade, desejosos que passe o tempo para começar a trabalhar, desejosos que acabem os nove meses para finalmente sermos pais, desejosos do fim do mês para recebermos o ordenado, desejosos que chegue o Verão e as merecidas férias, desejosos que passem os dois anos previstos para termos o carro há muito sonhado...
E quando finalmente chegamos aos 70 anos, temos o descaramento de dizer ao nosso neto:
- Ai, meu filho, quem me dera agora ter a tua idade!

J.M. Cravina, Coimbra, Portugal

.

4 de mai de 2011

O Poeta menor


Não tenho jeito para coisas mundanas. Não tenho. Ok, sou capaz de fazer um creme de alho francês e coentros mas, lá está, nem isso é mundano. Mundano é fazer arroz e eu não sei fazer arroz. Complicado? Sim, para mim é complicado fazer arroz…

Reúno todas as características para ser o pai de um tipo genial, daqueles de quem se diz que o pai era um poeta menor e nunca um criador. Conhecido para a poesia como um carameleiro de Dijon...