12 de out de 2010

ULTIMATE SEX POWER FEST II

.
Porque as coisas boas da vida são para repetir, pelo menos duas ou três vezes e onde der mais jeito, serve a presente para anunciar a realização do II Ultimate Sex Power Fest!
É isso mesmo! - Parece que a malta gostou e quer perder o resto da vergonha que ficou do ano passado. Pagasse ela imposto ou valesse dedução e não seria esta gente tão ligeira a livrar-se assim de pudores!


Um conselho:
- Vós que tendes ainda bom-nome, pintalgai-vos de azeite, fazei o sinal da cruz e correi a abrigar-vos onde a peste da sarapantice vos não suba pelas pernas. Mas cuidai de vos não acercar do Convento de Alpendurada no próximo dia 6 de Novembro, pois ele estará empedernido… e os cavalos que por ali passarem, puxando carroças, relincharão nervosos e o cocheiro terá de lhes chegar mais um bocado no lombo, com o céu a ameaçar trovoada.
Por Pevides, o vinhateiro de Cafarnaum, fugi deste local como o diabo se chispa da cruz!


Feitas a advertências, passemos ao que interessa:

Sensível ao finca-pé do nosso público de Susies e Lucy’s, que notaram na machonaria do ano passado certa moleza (que vergonha!), impôs-se fazer algumas alterações ao protocolo, a começar pela indumentária.

O tema deste ano é o Rockabilly, esperando-se por isso uma certa rebeldia (não confundir com rebaldaria)! Rockstars, tatuagens e (casacos de) cabedal; popa, pala e/ou pé de gesso também se aceita. Quem tiver na garagem um Ford Mustang ou um Camaro de 60 também o pode trazer, desde que tenha gasolina para a noite toda…

Nota: - Jagunçada com cabelinho “à foda-se” dá direito a chuto no lóbulo esquerdo!

As meninas deverão manter-se castas nos oito dias anteriores ao festim, para que todo o espírito da festa se lhes incarne pelas narinas às primeiras lufadas de couro e Brut.
De forma a não ofender a minha masculinidade, estando para aqui a dar dicas de toilette e maquilhagem, usando um vocabulário que não domino, postarei fotos para que se inspirem.



No que ao menu diz respeito, pode dizer-se que é mais ou menos o mesmo, sendo de salientar, para este ano, a inclusão na carta de um granizado de pomba, vinho fino e sortido à descrição.

Também não haverá carreira, pelo que, se calhar, o melhor é alugar um carro de praça ou ir de mula.

A brincadeira custará 20 fests por cabeça, que deverão cair no meu bolso a tempo de saldar uma dívida no Brasil. Por isso, vamos lá a despachar que eu não estou para ficar sem os dedos!

E, por ora, é tudo. No caso de haver algum problema ou dúvida, venham ter comigo que eu tenho sempre para vós uma palavra amiga.
.